quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

POESIA DE LUFAGUE

Mensajes  de  Luz  dedica  a  postagem  desta  noite ,  a 
nossa  querida  poetisa  e  amiga  caçula  Lúcia  de  Fátima 
Guedes  ( Lufague )  , apresentando  mais  uma  de  suas  belas
poesias  com  o    título  que  abaixo   descrevemos  :

           N A M O R A R   

É  sentir  na  alma  a  cumplicidade ,  o  entrosamento
É  sair  a  passear  de  mãos  dadas  em  entusiasmo 
É  o  apreciar ,  em  terno  e  doce  envolvimento
É  admirar  uma  linda  noite  de  luar , em  afrodisiasmo .

É  o  embriagar-se  em  cada  gesto ,  doce  satisfação
É  o  querer  mútuo ,  enquanto  querer  mútuo
Suar  frio ,  tremer , delirar ,  cintilar  de  emoção
Diz  o  coração : Namorar  é  forma  de  amar  no  amplo .

É  vibração  crescente  de  uma ,  boa  aflição 
É  uma  profunda  camaradagem  e  afeição  
Que  espanta  vestígios  sombrios  de  solidão .

Olhos  que  brilham  em  total  sintonia  de  felicidade
Visão  de  sonhos ,  gerando  sentimentos ,  boa  ansiedade
Naquilo  que  se  deseja . . .  Você  pra  mim !

                L u f a g u e  

Querida  amiga  do  coração :  Trago  mais  uma  vez ,  à  presença de  nossos  amigos  e  visitantes  mais  uma  belíssima  composição do  teu  livro  digital  "  Gotas  de  Amor  " .
Verdadeiramente ,  namorar  com  quem  queremos  e  gostamos 
é  tudo  de  bom  que  o  coração  pede ,  a  vontade  de  realizar
esse  desejo  íntimo ,  é  fruto  do  nosso  querer .
Escolhi  com  cuidado  e  carinho ,  uma  canção  que  emoldura melodicamente  teus  belos  sentimentos  literários ,  exposto 
no  tocante  poema .
Nana  Caymi  brinda-nos  com  a  pérola ,  "  Dois  Corações  "  , em  letra  especial  para  o  contexto  do  tema   apresentado .
Postagem  dedicada  a  tua  pessoa  e  aos  amigos  visitantes .
Imagem  captada  da  internet .

A  todos ,  desejos  de  Paz  e  Bem .
Jerônimo  Sales .




                 Use  fone  de  ouvido  ,  siga  o  link  acima   :

2 comentários:

Lufague disse...

Amigo Jero, sempre lisonjeada com o carinho que tens aos meus singelos versos, esse poema gosto muito, e já faz um bom tempo que o escrevi, e você é danado, o encontrou no meu primeiro E-book, ah que bom reencontra-lo por aqui nesta página tão especial. Muito obrigada pela generosidade. Adorei a escolha sensível da música e imagem, perfeitos.

Meu carinho, Lu

Maria Ilza Santos de Sousa Alves disse...

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.