quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

POESIA DE FERNANDO AUGUSTO

Mensajes de Luz , mostra hoje poema de nosso ilustre amigo e escritor Fernando Augusto , nos versos baixo descritos  :

    MOMENTO  ÚNICO

Trêmulas as mãos , o rosto contraído 
Olhos cerrados , busca do mistério . . .
Boca úmida e corpo já despido 
Desejo a fluir no quarto etéreo .

A bolsa , o cinto , a meia , blusa e calça
Amontoados a um canto , adormecidos
Assistiam inertes e sem graça 
Ao acorde musical dos teus gemidos .

Ofegavas , então , naquele altar
Reservada , silente e oprimida 
Com a brutal investida ao teu pudor . . .

Mesmo assim , não deixavas de invocar
Os valores reais da nossa vida 
Prazer , prazer e Amor  !

          Fernando  Augusto

Estimado amigo e poeta : Nosso blog com satisfação apresenta
aos amigos visitantes , mais uma de tuas belas poesias , contida 
no Livro "  Sonetos Escolhidos "  página 66 / Ed BNB 2007 .
Para conformar teu especial escrito , busquei na música de Roberto Carlos  " Botões da Blusa " o complemento melódico ideal para este regalo romântico que oferecemos aos leitores .
Postagem dedicada a tua ilustre pessoa e àqueles que apreciam a arte literária e o romantismo . Imagem extraída da Internet .

A todos , desejos de Paz e Bem.
Jerônimo Sales .




                  Use fone de ouvido e siga link acima  :

Um comentário:

Maria Ilza Santos de Sousa Alves disse...

Lindo poema. É muito interessante e prazeroso qndo a gente viaja em uma bela poesia. Bjo Jerônimo Sales