quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

A FORÇA DA MULHER

Na  postagem  desta  quarta-feira  ,  onde  tudo  volta  à normalidade  costumeira ,  mostramos  um  belíssimo  texto  de nossa  querida  amiga  e  poetisa  Lúcia  de  Fátima  Guedes  com 
o  nome  literário  de  ( Lufague ) ,  cujo  conteúdo  consta  em 
seu  novo  livro ,  "  Da  Mariposa  À  Seda  "  página  20 ,  que 
nos  diz  na  forma  seguinte   :


      MINHA    FEMINILIDADE 

Minha  natureza  feminina  é  erógena
Brota  do  íntimo  onde  se  agasalha
Sou  corpo ,  sou  símbolo ,  sensualidade
Sou  vivência  do  menstruo  sacramental 
Sou  a  complexa  consciência  corporal

Sou  ciclo ,  símbolo  e  sensibilidade  
Libidinosamente  sou  sensações 
O  desejo  desperto  do  "  Tato  " 
Enquanto  tatear ,  enquanto  habilidade
Sou  a  própria  beleza ,  filosófica ,  metafísica 

Minha  feminilidade  é  "  De  Traços  "  
Enquanto  curvas ,  enquanto  caráter
Desejo  do  mundo ,  do  todo  a  igualdade
Sou  fêmea  de  gênero ,  de  ovário . . .

Em  busca  da  justa  equiparação  de  direitos
Sou  meiga  magia ,  fina - flor ,  inspiração  da  poesia
Sou  a  que  preconiza  ser , agente  social ,  econômico
Ser  político  não  secundário ,  ser  sendo . . . 
                    Mulher  !

                 L u f a g u e  


Querida  amiga  e  poetisa  do  coração  : Mais  um  maravilhoso escrito  de  tua  lavra ,  contido  no  espetacular  livro  que publicaste  há  pouco . 
Faz  contagiar  a  emoção  do  sentimento ,  com  que  foi 
cuidadosamente  redigido ,  a  firmeza , convicção  de  princípios que  emolduram  a  beleza  e  a  força  incrível  da  mulher ,  em
todos  os  sentidos ,  na  sociedade  moderna .
Para  conformar  tão  belo  tema  exposto  em  nosso  blog , 
busquei  na  canção  do  grande  cantor  Ivan  Lins  com  título
de   "  Anjo  de  Mim  " ,  relax  condizente  com  a  mensagem . 
A  captação  musical  do  site  Youtube  e  imagem  do  google .
Postagem  dedicada  a  tua  pessoa  e  amigos  visitantes .

A  todos ,  desejos  de  Paz  e  Bem .
Jerônimo  Sales .




                  Use  fone  de  ouvido  e  clica  no  link  acima   :



6 comentários:

marcia disse...

Parabéns a Mensaje de Luz por publicar este poema de rara beleza que transborda em essência feminina... Lufage poeta linda,sensível e mulher

Lufague disse...

Meu amigo jeronimo, sempre surpreendente com seus gestos generosos de boa amizade. Fico feliz amigo, por suas considerações a respeito de minha pequena reflexão sobre a feminilidade, este livro foi mesmo escrito com amor entrenhavel e a convicção de fazer parte desse universo humano fêmea... A escolha da música do Ivan Lins (que adoro), ficou perfeita ao poema. Só tenho a agradecer tamanha gentileza, meu bom amigo. Obrigada!

Em tempo:Grata também pelos lindos crisântemos, adorei!

Carinho, Lufague

Lufague disse...

Querida amiga poetisa Marcia, és um doce, e tens toda minha admiração. Obrigada.

Carinho, Lufague.

Maria Ilza Santos de Sousa Alves disse...

A mulher merecer ser valorizada, não por ser sexo frágil como muitos dizem ou símbolo sexual para muitos. A mulher é sinônimo de coragem, força, determinação.É sensível ao conquistar e guerreira ao lutar pelos seus objetivos. Meu amigo como sempre acertando em suas escolhas. Muito lindo Jerônimo Sales.

Lufague disse...

Muito obrigada, Maria Ilza,pela leitura, prestigio da visita e agradável consideração.


Carinho, Lu

Jerônimo Sales disse...

Queridas Amigas : Quanta alegria sinto ao ler tantos comentários generosos e ao mesmo tempo sinceros, sobre um belíssimo texto escrito por nossa admirável amiga LÚ . No mundo da poesia, na virtualidade, ou mesmo no modo presencial, devemos ser sempre " Pontes " que unem pessoas, pensamentos, poetas e mais do
que isso , unimos alma e corações que irmanam-se fraternalmente . A internet deu-me essa inigualável possibilidade, de poder estar com todas vocês quase que ao mesmo tempo, interagindo no modo digital, diria mesmo quase real!
Agradeçamos ao nosso Deus, por podermos usufruir literalmente do milagre eletrônico da modernidade , e assim , estarmos juntos na cruzada das Letras .